Worlds 2021: Damwon vence T1 num duelo acirrado e vai para a grande final

Worlds 2021: Damwon vence T1 num duelo acirrado e vai para a grande final

Os dois titãs coreanos disputaram uma bela série no Rift por uma vaga na Final do Mundial.


Após semanas de competição, o 2021 LoL World Championship está quase no auge. Chegando neste fim de semana, apenas quatro times permaneceram para batalhar nas semifinais. A primeira partida colocou o atual campeão mundial DAMWON KIA contra os icônicos criadores da dinastia T1. Na cabeça de muitos, esperava-se que essa fosse talvez a melhor série do torneio até então, e teria sido uma Grande Final digna. Mas apenas uma dessas equipes poderia chegar à final, e com ambas as equipes querendo erguer a Summoner's Cup de todo o coração, eles tiveram que fazer tudo o que puderam para derrotar seus irmãos coreanos!

JOGO 1

O primeiro jogo da série foi crucial e, no início do jogo, foi uma luta corpo a corpo. Faker deu início à ação teletransportando para a rota superior para gankar e matar Khan para o First Blood. Um minuto depois, a DK fez movimentos na rota inferior para pegar dois abates. Depois disso, as coisas ficaram quietas por alguns minutos. Isso foi até DK iniciar o Arauto.

Parecia que com este movimento, a equipe da DK assumiu o controle do jogo. Eles começaram a dar dives na rota inferior da T1 para reivindicar mais dois abates, então usaram o arauto de antes para receber o bônus da Primeira Torre também. Agora com uma liderança de ouro de 3k, a DK assumiu o controle de todo o mapa, pegando um dragão e um segundo Arauto. A próxima luta começou aos 18 minutos, quando DK usou o arauto mid para levar a torre.

Quando o jogo se tornou mais lento, a DAMWON se mostrou mais superior no controle de objetivos e principalmente na visão pelo mapa. Cho "BeryL" Geon-hee (Maokai) foi crucial para a DAMWON ter a visão necessária para surpreender a T1 a todo o momento e ter tranquilidade para dominar os dragões e abrir o caminho para o Barão. Mesmo com alguns sustos no começo, a DAMWON chegou à uma vitória tranquila aos 28 minutos.

Jogo 2

Enquanto o Jogo Um foi um início explosivo para a série, as coisas desaceleraram significativamente no jogo dois. A equipe da T1 conseguiu uma ação inicial ao dar um belo dive em ShowMaker no meio com apenas três minutos para matá-lo para e obter o First Blood. Depois disso, a próxima luta não aconteceu até 10 minutos, quando um 4v4 aconteceu na rota superior, onde os dois times saíram com uma única morte. Pouco depois, T1 usou um Arauto previamente adquirido para quebrar algumas barricadas na rota do meio, enquanto a DK garantiu um Dragão Infernal.

Apesar do jogo aparentemente equilibrado, a T1 se mostrou um pouco superior em pequenas tomadas de decisões e foi adquirindo a confiança necessária para realizar uma boa luta aos 24 minutos na contestação por um Dragão. Com o passar do tempo, a DK se viu em um beco sem saídas e arriscou tudo em uma chamada de Barão. A T1 correu até lá, teve Oner (Lee Sin) roubando o objetivo e conseguiu vitória na luta e no jogo para empatar a série.

Jogo 3

Se o segundo jogo começou um pouco mais lento, o terceiro contou com as equipes acelerando o ritmo do começo ao fim. No early game, a DAMWON foi capaz de dominar totalmente os objetivos neutros, tendo conquistado os dois primeiros dragões e os dois arautos. A agressividade da DK também se pagou para conquistar alguns abates pelo mapa, novamente nas boas jogadas feitas pelo caçador Kim "Canyon" Geon-bu (Jarvan IV), mas alguns erros foram cometidos nesse caminho e deram para a T1 um espaço maior para contra-atacar.

Eventualmente, a T1 conseguiu executar o Barão depois de eliminar dois campeões da DK. Este segundo Barão foi o gatilho que faltava e então a  T1 derrubou todos os três Inibidores e depois abateu a DK em sua base. Eles então pegaram o Nexus e o jogo 3.

JOGO 4

Depois de perder dois jogos consecutivos, as costas de DK estavam contra a parede no quarto jogo. Mas isso não eliminou os atuais campeões mundiais. Aos cinco minutos, Canyon deu um gank no meio para matar Faker para ShowMaker, embora tenha perdido sua vida em troca de Oner. Três minutos depois, a DK também reivindicou um Arauto, e então olhou para o meio novamente. Em seguida a equipe da DK divou Faker novamente debaixo da torre e o matou. Ao mesmo tempo, Khan e Ghost conseguiram matar Gumayusi na bot lane também. Focando o Faker e anulando o mesmo do jogo, a Damwon saiu com a vitória e levou a série para o quinto e último jogo.

JOGO 5

Tudo se resumia a isso. Um último jogo para chegar às Finais Mundiais, uma última chance de seguir seu legado. Como fizeram na maior parte desta série, a T1 começou forte com First Blood quando Oner fez um gank para matar Khan. Aos oito minutos, T1 avançou um pouco mais com uma tomada do arauto também. Ao mesmo tempo em que a DAMWON controlou os dragões, a T1 teve o total domínio da visão, mas, assim como aconteceu com os arautos, não soube aproveitar bem dessa vantagem. Vendo sua vantagem se esvair aos poucos, a T1 arriscou um Barão no desespero, fez o objetivo, mas levou um ace e quase perdeu o jogo nesse momento. O jogo foi definido aos 35 minutos, quando a DK conquistou o Dragão Ancião e acabou com as chances de vitória de sua adversária.